Vitamina D: Para que serve, Como é feito o exame e mais

A vitamina D, atualmente considerada um pré-hormônio, é essencial para o funcionamento adequado do corpo humano, principalmente para o metabolismo ósseo. Faz parte do grupo de vitaminas lipossolúveis, o que significa que é solúvel em gordura.

A vitamina D é obtida sobretudo pela síntese cutânea – a pele é capaz de produzir vitamina D em resposta à exposição à radiação solar UVB. Já a alimentação é responsável por fornecer uma quantidade muito pequena da vitamina.

A forma mais abundante da vitamina D na circulação sanguínea é chamada de 25-hidroxi-colecalciferol (25-OHD). É por isso que a concentração da vitamina D no nosso organismo é avaliada mais frequentemente pela dosagem da 25OHD.

Esse material tem caráter informativo e não deve ser utilizado para diagnóstico ou substituir uma consulta com médico especialista.

Para que serve a Vitamina D?

A vitamina D é fundamental para regular o metabolismo do cálcio, especialmente em relação ao controle da absorção desse mineral pelo intestino, contribuindo para a saúde do sistema musculoesquelético. A deficiência de vitamina D pode, portanto, levar a problemas ósseos, como raquitismo em crianças e osteoporose em adultos.

A vitamina D tem sido continuamente estudada em relação a seu papel em outras funções do nosso organismo, como a saúde cardiovascular e o sistema imunológico.

Como é feito o exame de Vitamina D?

O exame mais frequentemente usado para avaliar os níveis de vitamina D no nosso organismo é a dosagem da 25-hidroxivitamina D, também chamada de 25-hidroxi-colecalciferol ou 25(OH)D. Esse exame é realizado através de uma coleta de sangue, geralmente de uma veia do antebraço.

O exame é simples e não requer preparo específico, como jejum. É importante que o paciente informe sobre qualquer medicamento, suplemento ou vitamina em uso antes de realizar o teste.

Após a coleta da amostra de sangue, o material é enviado ao setor técnico do laboratório, onde o exame é processado e a concentração da 25(OH)D no sangue é medida. Os resultados são expressos em nanogramas por mililitro (ng/mL).

Os valores de referência da vitamina D variam de acordo com o risco para perda óssea do paciente. Para a população saudável com até 60 anos, recomenda-se níveis acima de 20 ng/mL, enquanto para grupos de risco para perda óssea, níveis entre 30 e 60 ng/mL são recomendados. Valores acima de 100 ng/mL são considerados como risco de toxicidade e hipercalcemia.

Vale ressaltar que a interpretação do exame deve ser sempre feita por um médico que o avalia em conjunto com a história clínica e outras características do paciente.

Como manter um bom nível de Vitamina D?

Manter níveis adequados de vitamina D é essencial para a saúde a longo prazo. Por isso, a dosagem de vitamina D é geralmente indicada para os indivíduos que pertencem ao grupo de risco para perda óssea ou de acordo com avaliação médica específica.

São considerados como grupo de risco, pacientes com idade maior que 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam, indivíduos com doenças do metabolismo ósseo, pacientes com osteoporose ou com história de fraturas e quedas recorrentes, pacientes com quadros de má absorção gastrointestinal, pessoas que vivem com HIV ou que têm doença renal, diabetes, sarcopenia ou câncer ou que fazem tratamento com algum medicamento que afeta o metabolismo ósseo.

A vitamina D do nosso organismo é obtida principalmente pela produção cutânea em resposta à exposição à radiação UVB do sol. Contudo, a exposição solar confere alguns riscos importantes, como queimaduras, além de estar associada ao desenvolvimento do câncer de pele. Ademais, sobre a influência de fatores como período do ano, localização geográfica, horário do dia, uso de protetor solar, idade, entre outros.

As fontes alimentares de vitamina D como os peixes oleosos, o óleo de fígado de bacalhau e as ostras contêm uma quantidade muito pequena do nutriente.

Dessa forma, para os casos de deficiência de vitamina D, sobretudo quando há fatores de risco associados, pode ser indicada, a critério médico, alguma forma de suplementação.

Faça seu exame de Vitamina D no Labs a+!

O exame para a dosagem da Vitamina D não exige agendamento prévio. Basta ir à unidade do Labs a+ próxima de você. Você também pode agendar a coleta em casa ou no seu trabalho, com o serviço de atendimento domiciliar do Labs a+ até você.

Converse sempre com seu médico!


12/01/24

12 de janeiro de 2024

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias