T4 Livre: Conheça todas as informações sobre a saúde da tiroide

A tiroide é uma pequena glândula em formato de borboleta, localizada na região anterior do pescoço, que ajuda a regular o metabolismo do nosso corpo.

Um dos principais marcadores da função tiroidiana é a dosagem da Tiroxina Livre, exame também conhecido como T4 Livre. Este teste auxilia a avaliação do funcionamento da tiroide, participando do diagnóstico de várias condições relacionadas a essa glândula.

A tiroxina (T4) é um dos hormônios produzidos e liberados pela tiroide, que tem a função de regular muitas das atividades metabólicas do nosso organismo. O T4 Livre é uma fração da tiroxina circulante no sangue que não sofre influência significativa de proteínas transportadoras.

Para que serve o exame de T4 Livre?

A dosagem de T4 Livre é usada para avaliar a função da tiroide. Ela fornece informações importantes sobre a produção e liberação de tiroxina pela tiroide.

Dessa forma, o exame auxilia o diagnóstico de distúrbios da tiroide, como hipotiroidismo (função reduzida da tiroide) ou hipertiroidismo (função aumentada da tiroide).

Para pacientes que já têm uma alteração da tiroide diagnosticada, o exame de T4 Livre é útil para monitorar a eficácia do tratamento.

Quando é necessário fazer o exame de T4 Livre?

Médicos podem solicitar o exame de T4 Livre como rotina, para avaliar o adequado funcionamento da tiroide.

Além disso, quando um paciente apresenta sintomas que podem estar relacionados a disfunções da tiroide, como fadiga extrema, ganho ou perda de peso inexplicável, problemas de pele, intolerância ao calor ou alterações de humor e comportamento, entre outros, o exame também pode estar indicado.

Indivíduos que já têm distúrbios tiroidianos conhecidos também podem precisar realizar o exame periodicamente para verificar se o tratamento está funcionando adequadamente.

Como é feito o exame de T4 Livre?

O exame de T4 Livre é realizado através da coleta de uma amostra de sangue. Após a coleta, o sangue é enviado para análise em laboratório.

Em geral, não é necessário um preparo especial para o exame de T4 Livre. Deve-se evitar o uso de medicamentos que contenham biotina nas 72 horas anteriores à coleta. Além disso, é importante sinalizar o médico e o profissional que fará a coleta de sangue sobre o uso recente ou contínuo de medicamentos, a fim de evitar interferência no resultado do exame.

Doenças relacionadas e sintomas de alterações da tiroide

O resultado do exame de T4 Livre pode ajudar a diagnosticar doenças relacionadas à tiroide, a exemplo das seguintes condições:

  • Hipotireoidismo: acontece quando a tiroide não produz hormônios adequadamente, apresentando uma diminuição na sua função. Os principais sintomas incluem fadiga, sonolência, ganho de peso, pele seca, ritmo cardíaco mais baixo, intolerância ao frio, alterações de humor ou comportamento, constipação, entre outros.

  • Hipertireoidismo: nesse caso, a tiroide produz hormônios em excesso. Os principais sintomas incluem perda de peso não intencional, aumento da frequência cardíaca, insônia, irritabilidade, intolerância ao calor, tremores, entre outros.

Faça seu exame de T4 Livre no Labs a+

O exame de T4 Livre não exige agendamento prévio, basta ir à unidade do Labs a+ próxima de você. Você também pode agendar a coleta em casa ou no seu trabalho, com o serviço deatendimento móvel a+ até você.

Converse sempre com seu médico!


28/05/24

28 de maio de 2024

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias