Exame de Lipidograma: O que é, Valores de Referência e mais

O lipidograma, também conhecido como perfil lipídico, é um exame que avalia os níveis do colesterol total e de suas frações e dos triglicérides no sangue. O colesterol é um tipo de gordura tanto produzida pelo nosso organismo quanto proveniente da dieta, que possui importantes e variadas funções, como participar da estrutura das membranas celulares e auxiliar a produção de hormônios e vitaminas. Já os triglicérides representam uma fonte de energia para o corpo.

Contudo, quando estão em excesso, essas substâncias podem representar um risco à saúde e se associar, por exemplo, ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como a aterosclerose, que pode levar a complicações graves como infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

Esse material tem caráter informativo e não deve ser usado para diagnóstico ou para substituir a consulta com o médico especialista.

Coleta da amostra para o Lipidograma

A coleta de amostra para o lipidograma é feita por meio de sangue venoso, ou seja, como em um exame de sangue comum. Para tanto, um profissional de saúde coleta uma pequena quantidade de sangue de uma veia, geralmente no braço, usando uma agulha. O material obtido é enviado para análise laboratorial.

Em geral, para fazer esse exame é solicitado ao paciente que mantenha sua dieta habitual por aproximadamente cinco dias antes da realização do exame, e que, se solicitado em jejum, este não seja superior a 14 horas. Além disso, o paciente também deve evitar a realização de atividades físicas vigorosas nas 24 horas antes do exame e não fazer ingestão de bebida alcoólica nas 72 horas antecedentes ao exame.

Valores de referência normais para o Lipidograma

O lipidograma avalia os seguintes parâmetros no sangue:

LDL-colesterol: também chamado de lipoproteína de baixa densidade, é conhecido como "colesterol ruim", pois, quando em excesso na corrente sanguínea, pode se depositar nas artérias e contribuir para o desenvolvimento de placas de aterosclerose, obstruindo o fluxo sanguíneo e levando a risco de complicações cardiovasculares. É desejável que, para a população com mais de 20 anos, seus valores sejam menores que 130 mg/dL, embora tal meta pode se modificar conforme a categoria de risco cardiovascular do paciente.

HDL-colesterol: também chamado de lipoproteína de alta densidade, é conhecido como "colesterol bom", pois ajuda a remover o excesso de colesterol do sangue, reduzindo, assim, o risco de doenças cardiovasculares. Nesse cenário, níveis elevados de HDL são considerados protetores. É desejável que, para a população com mais de 20 anos, seus valores sejam maiores que 40 mg/dL.

Colesterol Total: este é o total de colesterol presente no sangue, incluindo o LDL-colesterol (lipoproteína de baixa densidade) e o HDL-colesterol (lipoproteína de alta densidade). É desejável que, para a população com mais de 20 anos, seus valores sejam menores que 190 mg/dL.

Triglicerídeos: os triglicerídeos são outra forma de lipídio que circula no sangue e constituem importante fonte de energia para o corpo. Contudo, níveis elevados de triglicerídeos estão associados a um maior risco de doenças cardiovasculares, especialmente quando combinados com outros fatores de risco. É desejável que, para a população com mais de 20 anos, seus valores sejam menores que 150 mg/dL, se o exame for feito com jejum de 12 horas, ou menores que 175 mg/dL, se o exame for feito sem jejum.

Além dessas frações, há também o VLDL (lipoproteína de densidade muito baixa), uma partícula associada ao transporte dos triglicerídeos que, quando em níveis elevados, podem ser preocupantes.

O lipidograma traz, ainda, nos seus resultados, o colesterol não HDL, um índice calculado subtraindo o HDL-colesterol do colesterol total. É uma medida útil para avaliar o risco cardiovascular, uma vez que inclui todo o colesterol que não é considerado "bom" (HDL).

Interpretação dos resultados do Lipidograma

A interpretação dos resultados do lipidograma auxilia a avaliação do risco de eventos cardiovasculares em um indivíduo.

Níveis elevados de colesterol total e de LDL-colesterol estão associados a um maior risco de doenças cardiovasculares. Já níveis elevados de HDL-colesterol são considerados protetores.

A elevação dos triglicerídeos também está relacionada a um maior risco de complicações cardiovasculares.

Os exames devem ser sempre interpretados pelo médico, que leva em consideração outros fatores adicionais e o histórico médico pessoal do paciente para determinar a necessidade de intervenções, como mudanças na dieta, recomendação de exercícios físicos ou tratamento medicamentoso.

O lipidograma é geralmente solicitado periodicamente, constituindo uma medida importante para manter a saúde cardiovascular e prevenir complicações graves.

Faça seu exame de Lipidograma no Labs a+!

O exame de lipidograma não exige agendamento prévio e pode ser realizado na unidade do Labs a+ próxima de você. Você também pode agendar a coleta em casa ou no seu trabalho, com o serviço de atendimento móvel a+ até você.

Converse sempre com seu médico!


03/01/24

03 de janeiro de 2024

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias