Exame de Fezes: Indicação, Coleta, Tipos e quando fazer

Os exames de fezes englobam uma ampla variedade de diferentes testes laboratoriais importantes para a avaliação da saúde do trato gastrointestinal, auxiliando o diagnóstico de diversas doenças.

A análise das fezes pode fornecer informações valiosas sobre o sistema digestório, que, entre muitas outras finalidades, ajudam a identificar infecções, inflamações, distúrbios de absorção de nutrientes, lesões e até mesmo câncer colorretal.

Esse material tem caráter informativo e não deve ser usado para diagnóstico ou em substituição por uma consulta com médico especialista.

Para que serve o exame de fezes

Os exames de fezes têm múltiplas finalidades. O exame parasitológico, por exemplo, pode identificar a presença de parasitas em diferentes estágios de desenvolvimento, como o Ascaris lumbricoides, ou lombriga. 

Já a cultura de fezes detecta a presença de diferentes tipos de bactérias que podem causar infecções gastrointestinais, como as gastroenterites bacterianas. 

Existem também testes para a pesquisa de vírus, como o rotavírus, e de protozoários, como a Giardia.

Além disso, há muitos outros componentes que podem ser avaliados nas fezes, como a pesquisa de hemácias e leucócitos ou de sangue oculto e a dosagem da calprotectina, que sugerem a presença de alguma inflamação ou lesão que precisam ser investigadas.

A calprotectina, por exemplo, tem sido usada na investigação e no acompanhamento das doenças inflamatórias intestinais, como a doença de Crohn e a colite ulcerativa.

Alguns exames de fezes podem revelar, inclusive, problemas na absorção de substâncias e nutrientes, como o aumento de gordura nas fezes que, entre outras condições, pode ocorrer na insuficiência pancreática.

Quando devem ser feitos exames de fezes

A necessidade de realizar um exame de fezes deve ser sempre avaliada por um médico e depende da história clínica e dos sintomas apresentados pelo paciente. 

Em geral, os exames de fezes podem ser necessários diante de sintomas gastrointestinais como diarreia persistente, sangue nas fezes, dor ou desconforto abdominal, perda de peso inexplicada, vômitos e náuseas, entre muitos outros.

Em alguns casos, determinados tipos de exame de fezes podem fazer parte de uma avaliação de rotina para detecção precoce de problemas gastrointestinais, especialmente em pacientes com fatores de risco.

Pessoas com doenças crônicas que afetam o trato gastrointestinal, a exemplo das doenças inflamatórias intestinais, podem precisar de exames de fezes periódicos para monitorar a condição.

Quando há suspeita de infecções do trato digestório causadas por bactérias, vírus, protozoários ou parasitas, os exames de fezes são frequentemente solicitados.

Preparo e coleta da amostra de exame de fezes

O paciente deve sempre informar o médico sobre qualquer medicamento que esteja tomando, especialmente antibióticos, laxantes ou suplementos de ferro, pois esses medicamentos podem interferir nos resultados dos exames.

Cada exame de fezes tem um preparo e uma orientação específica e um frasco apropriado para coleta. 

Dessa forma, é sempre importante retirar, em uma de nossas unidades, as orientações pertinentes a cada teste solicitado e os frascos adequados para coleta.

Armazenamento da amostra de exame de fezes

Preferencialmente, o material precisa ser entregue ao laboratório logo após a coleta, embora o tempo varie de acordo com o tipo de exame. Para alguns testes, a amostra coletada precisa ser mantida refrigerada. As orientações sobre o exame obtidas no laboratório contêm todas essas informações.

O importante é que, após a coleta, a amostra seja sempre armazenada corretamente, de acordo com as instruções. 

O armazenamento adequado ajuda a preservar a integridade da amostra e a evitar a contaminação.

Tipos de exames de fezes

Existem vários tipos de exames de fezes, cada um com uma finalidade específica. Cada exame de fezes tem seu propósito específico e o tipo de teste solicitado pelo médico depende dos sintomas do paciente e das suspeitas clínicas.

Conheça alguns dos exames de fezes realizados:

Pesquisa de Parasitas nas fezes ou parasitológico de fezes: detecta a presença de parasitas intestinais, como a tênia e a lombriga e também pode identificar alguns protozoários, como a Giardia e a Entamoeba histolytica.

Cultura de fezes ou coprocultura: pesquisa bactérias patogênicas, que causam infecções gastrointestinais, como Salmonella, Shigella e Campylobacter.

Pesquisa de Sangue Oculto nas fezes: detecta a presença de sangue nas fezes, o que pode indicar sangramento gastrointestinal associado a lesões, inflamações e, em casos específicos, ao câncer colorretal.

Dosagem de gordura nas fezes: auxilia a avaliação de síndromes de má absorção, a exemplo da insuficiência pancreática.

Dosagem da calprotectina fecal: tem utilidade na avaliação de inflamação do trato gastrointestinal, sendo utilizado na investigação de doenças inflamatórias intestinais.

Pesquisa de vírus nas fezes, como rotavírus e adenovírus: detecta vírus que podem causar infecções gastrointestinais.

Faça seu exame de fezes no Labs a+

Os exames de fezes não exigem agendamento prévio, basta ir à unidade do Labs a+ próxima de você para retirar o material e o frasco para coleta e as orientações relacionadas a cada teste. Você também pode agendar a coleta em casa, com o serviço deatendimento móvel a+ até você.

Converse sempre com seu médico!


19/05/24

19 de maio de 2024

Compartilhar:

Últimas Notícias

    Ver todas as notícias